Publicado em: sexta-feira, 27/04/2012

Perícia diz que jovens mortos na BA tinham água nos pulmões

A Polícia Técnica baiana divulgou durante esta quinta-feira (26), que foi achado água nos pulmões de quatro das cinco vítimas que estiveram desaparecidas por quatro dias depois de saírem de São Mateus, no Espírito Santo, em direção a Prado, na Bahia. Sendo assim, a principal hipótese trabalhada é a de que os jovens tenham morrido por afogamento depois de caírem com o carro no rio Mucuri.

O veículo onde os universitários estavam foi localizado na terça-feira (24) embaixo de uma ponte perto da cidade de Teixeira de Freitas, Bahia. A polícia suspeita que a causa do acidente tenha sido o fato do motorista ter perdido o controle do carro ao fazer uma curva e caído da ponte. A polícia científica indica também que não há qualquer indício de tenha ocorrido um crime.

O corpo da quinta vítima estava do lado de fora do carro quando foi encontrado. Segundo a perícia realizada no veículo, o cinto de segurança que ele usava rompeu, de modo que ele tenha sido arremessado para fora do veículo no momento do acidente. Contudo, um laudo final só deve ficar pronto dentro de um mês.

Os amigos que estavam no carro eram Izadora Ribeiro, 21 anos, Amanda Oliveira, 22 anos, Rosaflor Oliveira, 24 anos, Marllonn Amaral, 21 anos, e André Galão, 28 anos. Eles saíram do litoral norte do Espírito Santo para a cidade de Prado na sexta-feira (20) para poder comemorar o aniversário da mãe de Izadora.