Publicado em: sexta-feira, 17/05/2013

Paulinho pode realizar último jogo pelo Corinthians na final de domingo contra o Santos

Paulinho pode realizar último jogo pelo Corinthians na final de domingo contra o SantosPaulinho está dando seus últimos passos no Corinthians, tanto jogador quanto clube já admitiram que ele vá continuar no clube após a Copa das Confederações. E a decisão do Paulistão contra o Santos durante este domingo (19), que ocorre na Vila Belmiro, pode ser a despedida do camisa 8.

O estafe do volante da seleção brasileira hoje é coordenado pelo empresário Giuliano Bertolucci que irá escolher junto do Timão a proposta que for melhor para todas as partes. Este agente tem contato com o mercado europeu em uma parceria junto a Kia Joorabchian e já conversou com time.

Quando negou a proposta de 15 milhões de euros que foi oferecida pela Inter de Milão (ITA), no final do mês de janeiro, Paulinho afirmou que queria ir para a Europa na metade do ano e a diretoria prometeu que não iria se opor.

Atualmente, o Timão espera 20 milhões de euros (aproximadamente R$ 52 milhões) para que possa liberar o atleta, quem tem direitos divididos entre o Corinthians (50%) e o Audax-SP (50%). No mês de agosto de 2012 passado, o clube pagou 4 milhões de euros (R$ 10,5 milhões na época) para que comprasse o percentual que pertencia ao Banco BMG. Mesmo com a promessa verbal de que possa liberar o camisa 8 da seleção brasileira, a posição que a diretoria adota é de dizer que não quer que ele saia da equipe.

O diretor Duílio Monteiro Alves diz que o valor de 20 milhões de Euros é a multa, porém o Corinthians não chega a colocar um preço no atacante, pois não há interesse em vendê-lo.

O Corinthians atualmente não acredita que possa convencer com que Paulinho fique no país, pois o volante já conquistou os principais títulos no clube e se consolidou como titular na Seleção Brasileira. Fora isso, ele teve quatro aumentos das bases salariais desde maio de 2010 quando foi contratado e o último ocorreu depois da investida feita pela Internazionale. O camisa 8 admitiu que o valor não era determinante, pois já contava com um padrão de vida bom no país.

A comissão técnica porém se preocupa, pois acredita não ter alguém que possa substituir ele, que é um dos melhores jogadores do país. No atual elenco, dois atletas podem assumir a posição, Guilherme e Edenilson, porém o primeiro não chegou a convencer quando teve a oportunidade e o segundo, atua mais na lateral direita e deverá ser substituto de Alessandro, que irá se aposentar no final do ano.