Publicado em: quinta-feira, 03/05/2012

Passageiros ficam sem trem na zona sul por causa de falha de energia

Durante a noite de quarta-feira (2), passageiros da Linha 9-Esmeralda da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) tiveram dificuldades para voltar para casa devido a um defeito no sistema de energia elétrica na região da Estação Autódromo. Com isso, os trens circularam somente entre as estações Osasco e Jurubatuba.

Da Estação Jurubatuba até a Estação Grajaú, os passageiros precisavam seguir de ônibus (sistema gratuito do Paese), chamados pela CPTM para ajudar no transporte complementar. Várias pessoas precisaram ligar para a família e amigos pedindo carona ou então dormir na casa de parentes que vivem perto das estações. Quem não contava com nenhuma das opções acabou indo embora a pé.

De acordo com a CPTM, o transtorno durou até o fechamento das estações, à meia-noite. Entretanto, na manhã desta quinta-feira (3), a linha voltou a ter problemas na circulação dos trens. Segundo a assessoria da empresa da companhia, os trens circulam com velocidade reduzida e ficava mais tempo parado, lotando as plataformas.

Falhas tem sido comum

Na manhã da última terça-feira (1º), as estações que tiveram a circulação de trens interrompida foram Presidente Altino e Osasco por causa de obras para consertar uma falha de energia que teve início na noite de segunda-feira (30). Já no dia 14 de março, uma outra falha na linha 9-esmeralda prejudicou mais de 30 mil pessoas. Trens passaram a circular em apenas uma via no trajeto entre as estações Granja Julieta e Santo Amaro.