Publicado em: quarta-feira, 22/02/2012

Partidos pretendem selecionar candidatos após validação da Ficha Limpa

Partidos pretendem selecionar candidatos após validação da Ficha LimpaDirigentes de partidos políticos pretendem selecionar melhor os candidatos depois que o Supremo Tribunal Federal (STF) validou a Lei da Ficha Limpa para as eleições de 2012. Na quinta (16), o STF anunciou que candidatos com problemas com a justiça estão proibidos de se eleger por oito anos. Depois dessa decisão da última semana, representantes dos principais partidos brasileiros disseram que deverão ser mais cuidadosos na hora de avaliar os quesitos dos candidatos.

Segundo o senador Valdir Raupp (SC), presidente em exercício do PMDB, o partido não terá problemas, pois a lei foi aprovada pelo STF bem antes das convenções. De acordo com Raupp, a orientação repassada aos diretórios é que não deverão lançar candidatos que possuam problemas com a justiça. Essa informação está sendo anunciada pelo diretório nacional a todos os demais diretórios para que o partido não tenha problemas com seus candidatos nas eleições deste ano.

Já o presidente nacional do PSDB, o deputado federal Sérgio Guerra (PE), disse que seu partido sempre apoiou o projeto e que, por isso, já vinha selecionando candidatos com a ficha limpa. O partido já iniciou as orientações aos diretórios estaduais para que façam a seleção dos candidatos. Segundo Gerra, já era feita uma avaliação criteriosa com base nos dados do candidato e isso continuará acontecendo, principalmente agora. O presidente do PSDB avalia ainda como positiva a aprovação do projeto e diz que isso significa uma melhoria na qualidade da política brasileira.

Na mesma linha que os demais representantes dos partidos, o presidente do PT, o deputado Rui Falcão (SP), afirmou que as pré-candidaturas para as eleições municipais deste ano já seguem as exigências da ficha limpa. Falcão lembrou ainda que quando o projeto passou pelo Congresso, a bancada do PT foi favorável a sua aprovação. Até o momento, segundo ele, todas as candidaturas já definidas estão de acordo com a Lei da Ficha Limpa e, portanto, os candidatos do PT podem disputar o pleito de 2012 sem problemas com a justiça eleitoral.