Publicado em: terça-feira, 13/12/2011

“Partícula de Deus” pode ser anunciada em 2012

Cientistas anunciaram que estão mais próximos de encontrarem a chamada “partícula de Deus”. Os pesquisadores que trabalham no Centro Europeu para Pesquisas Nucleares (CERN) afirmaram que agora é muito cedo para ter alguma conclusão sobre o Bosón de Higgs, nome oficial para a partícula em questão. Contudo, cientistas anunciaram nesta terça-feira (13) que encontraram indícios da sua existência. Os resultados teriam sido obtidos com o Grande Colisor de Hádrons (GCH), localizado em Genebra.

O experimento específico para encontrar a “partícula de Deus” é conhecido como Atlas. De acordo com a porta-voz da instituição, Fabiola Gianotti, “são necessários mais dados e estudos, mas acho que os meses que virão serão apaixonantes”. Na terça-feira, foi anunciado que os cientistas encontraram evidências no intervalo de massa entre 124 e 125 giga elétron-volts (GeV). “O excesso (referindo-se ao “pulo” nos dados) pode ser o resultado de uma flutuação, mas também pode ser algo mais interessante. Não podemos excluir nada neste estágio”, explicou Gianotti.

Segundo a física especializada em partículas, Tara Shears, da Universidade de Liverpool, “a questão do (bóson de) Higgs é que sempre dizemos que precisamos dele para explicar a massa, mas sua importância real é que precisamos dele para entender o universo. Descobrir a partícula confirma que a abordagem que estamos usando para entender o universo está correta”.

Agora, a expectativa é que a “partícula de Deus” seja anunciada em 2012, pois os cientistas estão cada vez mais próximos de encontrarem os indícios definitivamente. Com isso, existirá a explicação do surgimento da massa inicial que permite a composição dos elementos.