Publicado em: segunda-feira, 10/09/2012

Paraolimpíadas 2012 – comitê brasileiro quer superar atual desempenho em 2016

Paraolimpíadas 2012 - comitê brasileiro quer superar atual desempenho em 2016O comitê paraolímpico brasileiro teve um ótimo desempenho nas Paraolímpiadas de Londres de 2012, conseguindo cumprir a meta que tinha para o evento: ficar na sétima colocação no quadro geral de medalhas. Agora, o comitê quer um desempenho ainda melhor para a próxima edição do evento, que será realizada em 2016 no Brasil.

Para que o recorde de medalhas conquistadas em 2012 seja ultrapassado daqui quatro anos, e para isso quer conseguir novos investidores privados para apoiarem os seus atletas e também para que a acessibilidade se torne um tema mais discutido em nosso país.

Na edição dos Jogos Paraolímpicos de Londres deste ano, que foi encerrada ontem, domingo, 9 de setembro, o Brasil ficou com o sétimo lugar no quadro geral de medalhas, já que ganhou, no total, 43 medalhas, sendo 21 de ouro, 14 de prata e oito medalhas de bronze. O desempenho deste ano foi duas posições melhor do que o obtido na última edição do evento, que aconteceu em Pequim, no ano de 2008.

Nas primeira colocação no quadro geral de medalhas do evento deste ano ficou a China. Em seguida, aparecem Rússi, Reino Unido, Austrália, Ucrânia e Estados Unidos, respectivamente. Agora, para a edição dos jogos que serão realizados no Brasil em 2012, o comitê Paraolímpico quer que o os atletas brasileiros alcancem o quinto lugar geral no quadro de medalhas do evento.

Na lista de empresas que já são parceiras do Comitê Paraolímpico Brasileiro estão o governo federal, por meio do Ministério de Esportes, a Infraero, a Prefeitura do Rio de Janeiro, o governo do estado de São Paulo e a Caixa Econômica Federal. A ideia é de que para que a meta em 2016 seja atingida, os atletas consigam novos apoiadores que sejam motivados pelos bons desempenhos que a equipe brasileira vem conseguindo até agora.