Publicado em: quinta-feira, 05/11/2009

Paralisação deixa usuários sem ônibus em São Paulo

Uma manifestação realizada na manhã de quinta-feira, 5, por motoristas e cobradores de ônibus de São Paulo, afetou os usuários do transporte público na zona norte da capital paulista.

A paralisação, promovida pelo Sindicato de Motoristas e Cobradores, ocorreu das 4 às 6 horas, e reivindicava cumprimento da legislação trabalhista referentes a vale-refeição, pagamento de INSS, entre outros.

Ao todo, aproximadamente 1500 veículos da frota do Grupo Sambaíba, que opera na região, permaneceu na garagem na manhã de quinta-feira. Moradores de bairros como Santana, Tucuruvi, Freguesia do Ó, Vila Guilherme, entre outros, foram afetados pela paralisação.

Estima-se que diariamente cerca de 620 mil pessoas utilizam ônibus na região, e para minimizar o problema, a São Paulo Transportes deslocou mais de 400 veículos para circular nas 143 linhas da região.