Publicado em: segunda-feira, 09/06/2014

Para os fãs de “A Culpa é das Estrelas”, o longa-metragem é fiel ao livro de John Green

Para os fãs de “A Culpa é das Estrelas”, o longa-metragem é fiel ao livro de John GreenDepois do sucesso do livro, agora é a vez do filme lotar as sessões de cinema. O filme “A Culpa é das Estrelas” (2014), de Josh Boone, teve sua estreia na última quinta-feira (5), para quem é fã do livro de John Green, no qual o filme foi baseado, não devem se decepcionar achando que a história estará fora de contexto ou que os dois são pouco parecidos. O filme é fiel ao livro, que conta a história de dois adolescentes, Hazel e Gus que se conhecem em um grupo de apoio para jovens com câncer, ou que já sofreram da doença.

Ele havia perdido uma de suas pernas por conta do tumor que retirou do organismo e ela, está em um estágio avançado da doença, que acabou atingindo seus pulmões. Depois de uma bela amizade e compartilhar os medos, receios e sonhos, eles se apaixonam e lutam juntos por seus objetivos. A primeira impressão pode fazer pensar que a história de amor retratada é apenas mais um clichê de filmes de drama romântico, entretanto, no decorrer da história é possível perceber que há algo diferente.

Características e trilha sonora

Nas páginas do livro de John Green, ele consegue ultrapassar toda a linha de romance dramático comum, visto sempre em Nicholas Sparks e nos filmes reproduzidos de suas obras. A característica é um amor impossível, doença e morte, mas o longa-metragem dessa vez evita tratar de uma restrição sentimental. A trilha sonora indie se adequa ao ambiente, em que é bastante comum nos mais novos blockbusters direcionados ao público adolescente.

Um pouco Folk, faz referência ao primeiro filme do diretor, “Ligados Pelo Amor” (2012), com uma mistura de pop, alguns sucessos, vem de cantores antigos como Ed Sheeran, Jake Bugg, Charli XCX, Tom Odell, Birdy e outras, algumas até mesmo de algumas canções até tratam de Bon Iver, no qual a mesma banda estava presente no trabalho anterior e também estava escalado para entrar neste, porém, eles negaram seu uso.