Publicado em: terça-feira, 08/10/2013

Paolo Guerrero é cortado da Seleção Peruana e não joga pelas Eliminatórias

Paolo Guerrero é cortado da Seleção Peruana e não joga pelas EliminatóriasNa última segunda-feira (7), o atacante Paolo Guerrero foi cortado da Seleção do Peru para os dois próximos jogos válidos pelas Eliminatórias Sul-Americanas. Com uma fratura no pé direito, o jogador não poderá enfrentar a Argentina nesta sexta-feira (11), às 20 horas, no Estádio Monumental de Nuñez, em Buenos Aires, além da Bolívia no próximo dia 15 (terça-feira), no Estádio Nacional, em Lima.

Em entrevista à Prensa Peruana TV, o atacante do Corinthians explicou que fraturou o quinto metatarso, osso do dedo, e por isso a Federação Peruana de Futebol decidiu poupá-lo, já que a Seleção de seu País já não tem mais chances matemáticas de se classificar para a Copa do Mundo do Brasil de 2014.

O Peru está na sétima colocação nas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo com 14 pontos ganhos. Como faltam apenas duas rodadas para o término da competição, o time não teria como chegar à pontuação do quinto colocado Uruguai, que soma 22 pontos e neste momento teria de jogar a respescagem para disputar o Mundial.

Outros jogadores desfalcarão a Seleção do Peru nos próximos jogos, além de Paolo Guerrero, são eles: Raúl Fernández, Carlos Zambrano, Alberto Rodríguez, Rinaldo Cruzado, Jefferson Farfán, o lateral Yoshimar Yotún, do Vasco da Gama, e o meio-campista Luís Advíncula, da Ponte Preta.

Tite terá problemas para escalar o ataque corintiano em Mogi Mirim

Sem Guerrero, o técnico Tite também não poderá contar com o atacante Alexandre Pato, que está a serviço da Seleção Brasileira, para a partida desta quarta-feira (9), às 21h50, contra o Atlético Paranaense, que será disputada no Estádio Vail Chaves, em Mogi Mirim (SP). Ambos marcaram 12 dos 22 gols do Timão neste Campeonato Brasileiro.

Com esse problema, Tite deve escalar Romarinho no ataque ao lado de Emerson Sheik, que volta ao time após cumprir suspensão diante do Atlético Mineiro no último domingo (6).