Publicado em: segunda-feira, 31/10/2011

Pan 2011 – Guadalajara encerra “melhor Pan da história”

Antes do início dos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara, o mexicano Mario Vázquez Raña, presidente da Odepa (Organização Desportiva Pan-Americano), declarou que o Pan 2011 não seria o melhor da história. No Estádio Omnilife, no encerramento do evento, entretanto, o presidente parece ter mudado de ideia. O clima aumentou o sonho mexicano de sedias a Olimpíada pela segunda vez.

O México já foi sede da Olimpíada em 1968. Em Guadalajara existe um movimento para que a cidade se candidate aos Jogos de 2024. O Pan 2011 foi oficialmente encerrado às 20h50 (0h50 no horário de Brasília). O público estava mais do que empolgado, mal deixando os oradores terminarem seus discursos. A menção ao presidente Felipe Calderón também suficiente para arrancar gritos e aplausos na arquibancada.

No discurso de encerramento, o presidente da Odepa, Raña, deixou os problemas estruturais de lado. “Parabéns por fazer o melhor Pan-Americano”. A emoção esteve mais forte nesse momento que os shows e apresentações musicais.