Publicado em: segunda-feira, 31/10/2011

Pan 2011 – Brasil fica em terceiro lugar no quadro de medalhas nos Jogos Pan-americanos

A delegação brasileira deixou Guadalajara com muitas medalhas no peito dos atletas. Foram 48 de ouro, 35 de prata e 58 de bronze, somando 141 medalhas conquistadas nos Jogos Pan-americanos, que terminaram neste domingo, no México. Os Estados Unidos terminou na liderança com 236 medalhas, e Cuba ficou com o segundo lugar, com 136 medalhas, superando o Brasil no número de ouros.

Comparando ao último o Pan, realizado em 2007 no Rio de Janeiro, o país manteve o resultado em seis modalidades, melhorou em 11, mas piorou em 18 esportes. As modalidades que mais trouxeram ouro para o país foram o atletismo, a vela, o judô e a natação. O judô conquistou o maior número de medalhas de ouro da história do Pan na categoria masculina.

Outro que ajudou a manter o Brasil entre os três melhores das Américas foi o nadador Thiago Pereira. Ele se torou o esportista mais vitorioso da história do Pan-americano, ultrapassando o saldo do mesatenista Hugo Hoyama. Além disso, Lucélia Ribeiro tornou-se a primeira brasileira tetracampeã no karatê.

A ginástica olímpica foi uma das modalidades que mais sofreu nestes Jogos. A quebra da equipe interferiu no resultado final da delegação. Daniele Hypólito, única ginástica que trouxe medalhas, não quer deixar os atuais técnicos, enquanto Daiane dos Santos, que teve um péssimo desempenho, quer a volta do ucraniano Oleg Ostapenko. O irmão de Daniele e também ginasta, Diego Hypólito, disse que a equipe deve pensar apenas nos treinos. Diego conquistou muitos ouros junto com os companheiros nos Jogos de Guadalajara.