Publicado em: terça-feira, 12/06/2012

Palmeiras – Valdivia pede para ser emprestado

O sequestro-relâmpago sofrido na semana passada fez com que o jogador chileno Valdívia manifestasse seu desejo de deixar o Brasil. Após o ocorrido, o jogador pediu para que a direção do Palmeiras o libere para jogar no Chile.

O meia foi autorizado pela diretoria do Palmeiras para passar o fim de semana em seu país de origem, e como não poderá jogar contra o Grêmio, na quarta-feira (13), pela Copa do Brasil, por estar suspenso, pediu para permanecer por mais uns dias em sua cidade.

Valdívia teria manifestado o seu desejo de deixar o Brasil após ter sido vítima de um sequestro-relâmpago, na semana passada, quando estava em seu carro, nas ruas de São Paulo. A mulher de Valdívia, Daniela Aranguíz, também presente no momento do crime, também não gostaria de permanecer no Brasil.

O meia palmeirense iria se reunir com seu pai para decidir qual decisão tomar. O Colo-Colo, do Chile, teria interesse em Valdívia, e o jogador pediu para que o Palmeiras o liberasse por empréstimo. Já o vice de futebol do Palmeiras, Roberto Frizzo, garante que o jogador seguirá no clube, após ‘se acalmar’.