Publicado em: quinta-feira, 02/02/2012

Palmeiras sofre, mas consegue vencer Mogi Mirim por 2 a 0

Como aconteceu em várias partidas do ano passado, o Palmeiras sofreu durante a partida com o Mogi Mirim, mas o volante Marcos Assunção foi decisivo e marcou os dois gols da vitória do Verdão na partida desta quarta-feira (1º), pela quarta rodada do Campeonato Paulista. A equipe comandada por Luiz Felipe Scolari cometeu erros mais uma vez, mas também viu Valdívia ter mais uma boa atuação.

Em 102 jogos pelo Palmeiras, Assunção marcou seu 19º gol de falta, com uma média aproximada de um gol a cada cinco partidas. Graças a duas boas cobranças de falta no jogo contra o Mogi Mirim, o Verdão assumiu a quarta posição, com oito pontos, e se manteve próximo dos líderes. Atualmente, a primeira posição está com o rival Corinthians, que tem 12 pontos. O Mogi ficou com seis pontos, mas continua na metade superior da tabela.

O time apático que entrou contra o Catanduvense na rodada passada ficou para trás, e o Palmeiras mostrou disposição durante a partida. Aos dois minutos, Fernandão tabelou com Valdívia e sofreu falta, cobrada por Marcos Assunção com perfeição e abrindo o placar para o Verdão. O Mogi Mirim começou a pressionar e aumentou o volume de jogo, levando perigo ao gol palmeirense.

O torcedor do Palmeiras ficou satisfeito com o desempenho do trio Luan, Valdívia e Juninho pelo lado esquerdo e fez barulho, mesmo em pequeno número no Pacaembu. Porém, no segundo tempo, o ritmo ficou mais lento e o Verdão perdeu muitos gols. Aos 42 do segundo tempo, Marcos Assunção cobrou mais uma falta pelo lado esquerdo e decretou o placar final. O Mogi Mirim joga neste sábado contra o Comercial, em Ribeirão Preto. Já o Palmeiras vai a Presidente Prudente para o clássico contra o Santos, às 17h do próximo domingo.