Publicado em: domingo, 15/07/2012

Palmeiras recebe São Paulo para clássico em Barueri

Depois de ser campeão da Copa do Brasil na última quarta-feira, 11 de julho, o Palmeiras agora tenta sair da zona do rebaixamento no Campeonato Brasileiro. Para isso, a equipe do técnico Felipão irá enfrentar o São Paulo, que terá a estreia de Ney Franco no comando do tricolor paulista. A equipe são-paulina, que contará ainda com Rafael Tolói, quer ficar bem na disputa do Brasileirão para deixar de ser o único time grande entre os paulistas que não conquistou nenhum título neste ano.

O clássico entre Palmeiras e São Paulo acontece neste domingo, 15 de julho, às 18h30, pelo horário de Brasília, na Arena Barueri. Depois de ficar sem ganhar nenhum título nacional nos últimos 14 anos, o Palmeiras precisa curar a sua ressaca e procurar pela sua recuperação no Campeonato Brasileiro. A equipe alviverde está ocupando o antepenúltimo lugar no Brasileirão, tendo conquistado apenas 5 pontos nos 24 que disputou.

No entanto, para esta partida o técnico Felipe Scolari irá enfrentar problemas no ataque, já que ele não pode contar com o jogador Barcos, que está em recuperação depois de passar por uma cirurgia de apendicite. Além disso, Thiago Heleno teve uma contusão na coxa e não poderá jogar, e também estão fora Luan e Roman.

O time do Palmeiras que irá enfrentar o São Paulo é o seguinte: Bruno, Artur, Maurício Ramos, Leandro Amaro e Juninho; Henrique, Márcio Araújo (Daniel Carvalho), João Vitor e Valdivia; Mazinho e Betinho. A equipe será comandada por Luiz Felipe Scolari.

Já o São Paulo entra em campo com a seguinte equipe: Denis; Douglas, Rafael Toloi, Rhodolfo e Cortez; Denilson, Casemiro, Cícero e Jadson; Osvaldo e Luis Fabiano. A equipe será comandada pelo técnico Ney Franco.

Já o São Paulo ocupa a quinta posição no campeonato. Em sua chegada no tricolor paulista, Ney Franco não fez grandes mudanças no time que vinha sendo comandado pelo técnico Emerson Leão. Casemiro e Cícero retornam ao time principal. Já Rafael Tolói fará a sua estreia na zaga ao lado de Rhodolfo.