Publicado em: segunda-feira, 24/02/2014

Palmeiras perde invencibilidade na temporada

Palmeiras perde invencibilidade na temporadaHá tempos, o Palmeiras era o único time invicto no Campeonato Paulista. Após nove rodadas com sete vitórias e dois empates, entretanto, a invencibilidade alviverde foi finalmente derrubada neste domingo, frente à boa equipe do Botafogo de Ribeirão Preto, que lidera o Grupo B com 19 pontos.

Apesar de todo o mérito do Botafogo na partida, o Palmeiras abusou dos erros, que se iniciaram antes mesmo do começo da partida. Gilson Kleina, sem ter à sua disposição os atacantes Alan Kardec e Leandro, acabou fazendo algumas escolhas erradas. No segundo tempo, quando tentou reorganizar o Palmeiras, a equipe já perdia por 3 a 1, e teve de lidar com um Botafogo muito bem postado na defesa. No setor intermediário, França e Eguren tiveram problemas na marcação. Já Bruno César, que entrou apenas no segundo tempo, acabou sendo expulso, prejudicando ainda mais a atuação alviverde.

A partida

Neste domingo, Kleina apostou em Miguel para o ataque. O jovem, entretanto, mal conseguiu pegar na bola. Mendieta, Marquinhos Gabriel e Valdívia também mostraram pouca eficiência ofensiva. O Botafogo, por outro lado, mostrava entrosamento de sobra. A equipe treinada por Wagner Lopes trocava passes com facilidade, criando boas chances de gol desde o início.

O primeiro gol dos donos da casa veio aos 20 minutos, com Mike, após roubada de bola no meio de campo. Treze minutos depois, uma nova falha do setor intermediário do Palmeiras permitiria que Camilo ampliasse a vantagem para o Botafogo. Alguns minutos antes, o Palmeiras chegou a empatar a partida, após pênalti polêmico convertido por Valdívia.

O jovem William Matheus, lateral-esquerdo escalado por Kleina neste domingo, foi o retrato de uma equipe nervosa: após falhas nos dois primeiros gols do Botafogo, William ainda cometeu um pênalti, que deu origem ao terceiro gol do time da casa, ainda no primeiro tempo.

Segunda etapa

Na etapa final, com dois gols de vantagem na partida, o Botafogo de Ribeirão Preto optou por truncar o jogo, administrando o resultado. Kleina tentou algumas mudanças na equipe, colocando em campo Vinícius e Bruno César nas vagas de Miguel e Marquinhos Gabriel.

O Palmeiras, pela primeira vez no ano, se viu completamente dominado em uma partida. Com as trocas de passes do adversário e o começo dos gritos de “olé” vindos das arquibancadas, o alviverde perdeu de vez a paciência. Bruno César, que insistiu nas reclamações com a arbitragem, acabou sendo expulso de campo, ainda aos 30 minutos da etapa final. A partir daí, o Palmeiras teve ainda mais dificuldades em criar chances de gol, e o placar do primeiro tempo foi mantido.

Próxima rodada

Apesar da derrota, o Palmeiras segue tranquilo na liderança do Grupo D, com 23 pontos, contra 16 do vice-líder Bragantino. Na tabela geral, o desempenho do Palmeiras só é igualado pelo Santos. Na próxima rodada, o alviverde recebe o São Bernardo, terceiro colocado do Grupo C.

O Botafogo de Ribeirão Preto segue na liderança do Grupo B, com 19 pontos. Na 11ª rodada, a equipe enfrenta a Penapolense, que lidera o Grupo A, com 18 pontos.