Publicado em: quinta-feira, 19/11/2009

Palmeiras perde e vê jogadores brigarem

O Palmeiras foi a Porto Alegre, onde na noite de quarta-feira enfrentou o Grêmio pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro. Precisando vencer para se manter vivo na briga pelo título nacional, o alviverde voltou do sul com uma derrota e com seu elenco vivendo uma crise interna.

Durante o intervalo da partida, quando o Grêmio vencia por 1 a 0 após o gol de Rafael Marques, os jogadores palmeirenses Maurício Ramos e Obina se desentenderam e chegaram a trocar socos em pleno gramado.

Na volta do intervalo, o árbitro Heber Roberto Lopes expulsou os dois jogadores, e o Palmeiras viu qualquer chance de vitória ir embora. Maxi Lopez fez o segundo para o Grêmio e decretou mais uma derrota palmeirense.

Maurício Ramos e Obina foram afastados pela diretoria do Palmeiras e não defendem mais o clube paulista. O Palmeiras se manteve com 59 pontos, três a menos que o líder São Paulo e praticamente não tem mais chances de título.