Publicado em: quarta-feira, 18/07/2012

Palmeiras – Felipão admite que treinaria o Corinthians no futuro

Técnico do Palmeiras e idolatrado pela torcida alviverde, o técnico Luiz Felipe Scolari não vê problemas em um dia ‘mudar de lado’ e ir comandar o maior rival da equipe do Palestra Itália. Felipão declarou que trabalharia ‘normalmente’ no Corinthians, caso fosse procurado.

Scolari admitiu que tem uma ligação maior com o Palmeiras, bem como com o Grêmio, porém, não negou que pudesse vir a trabalhar nos rivais Corinthians e Internacional. Felipão disse que ‘é muito difícil’ que ele venha a treinar o time do Parque São Jorge, mas disse que trabalharia ‘normalmente’ no alvinegro, se um dia viesse a ser convidado.

Felipão relatou que chegou a ser convidado para treinar o Internacional, há cerca de dois anos, chegando a detalhar que a proposta do Colorado era ‘muito boa’, mas que não acabou aceitando por conta da pressão que recairia sobre ele, para levar o time gaúcho à conquista da Copa Libertadores da América. Em vez de acertar com os rivais do Grêmio, Scolari veio a fechar com o Palmeiras, no mesmo ano.

Luiz Felipe Scolari ainda não tem a sua situação definida no Palmeiras. O contrato do treinador se encerrar no final do ano, e após a conquista da Copa do Brasil, há uma semana, o treinador passou a admitir a possibilidade de seguir no clube paulista no ano que vem. Até então Felipão era categórico em dizer que não iria renovar o seu contrato com o Palmeiras.

Agora, Scolari aceita permanecer no Palestra Itália, mas adiantou que faz algumas exigência para seguir. A primeira delas é ter a garantia de que possa fazer um trabalho a longo prazo. Felipão afirmou que só irá aceitar um contrato com duração mínima de dois anos, onde tenha a liberdade para desenvolver o seu projeto. Scolari já está no Palmeiras há duas temporadas, e embora pressionado por parte de dirigentes e da torcida palmeirense, conseguiu se firmar no comando, e apontou esta permanência como um dos principais motivos que levaram o Palmeiras ao título da Copa do Brasil.