Publicado em: segunda-feira, 15/04/2013

Pai de integrante do Mamonas Assasinas processa Marco Feliciano

Pai de integrante do Mamonas Assasinas processa FelicianoParece que o deputado, e também pastor, Marco Feliciano (PSC-SP) pode ter arrumado ainda mais confusões por conta de suas polêmicas declarações. Depois de criticar os relacionamentos homossexuais, falar que os africanos são amaldiçoados, seguindo o que está escrito na bíblia, agora ele decidiu comentar á respeito do conhecido acidente de avião que acabou causando a morte de todos os integrantes do grupo Mamonas Assassinas no ano de 1996. As palavras ditas por Feliciano não agradaram nem um pouco Hidebrando Alves, que é pai do então vocalista Dinho. Quando participava de um culto em sua igreja, o deputado afirmou que o avião do grupo estaria no céu, que é a região onde Deus é ministro na Serra da Cantareira, e que ele decidiu que o manche deveria virar para o lado contrário do que seria esperado, e que o dedo de um anjo tirou a vida de todos aqueles que estavam tentando colocar palavras “torpes” na boca de crianças.

Ainda na mesma pregação Feliciano disparou contra a relação de Dinho com a religião protestante, dizendo que ele integrava a igreja Assembleia de Deus da cidade de Guarulhos e que acabou vendendo sua comunhão. Segundo o jornal Diário de Guarulhos, o pai do vocalista garantiu que iria entrar na justiça contra o presidente da Comissão dos Direitos humanos e Minorias na câmara, cobrando danos morais pela difamação contra seu filho já falecido. Hidebrando disse que o deputado não passa de um louco, já que deveria saber que Deus não mata ninguém, que é apenas amor e que o acidente que acabou ocorrendo é uma fatalidade, já que eles viajavam muito de avião. Sobre a religião do filho ele disse que Dinho frequentava a Assembleia de Deus com sua mãe na infância e que estaria entrando hoje na justiça pela busca de danos morais.