Publicado em: terça-feira, 30/08/2011

Pai biológico de Steve Jobs declara que deseja conhecer filho “antes que seja tarde”

Pai biológico de Steve Jobs, cofundador da empresa Apple, declarou que deseja conhecer seu filho “antes que seja tarde”. Sírio de 80 anos, Abdulfattah John Jandali afirmou que a iniciativa deve partir do próprio Jobs, sendo que Jandali conta que enviou mensagens curtas ao filho no passado, mas nunca se referiu a si mesmo como pai do ex-CEO da Apple. Jandali também ressalta que não quer que seu filho biológico pense que a sua fortuna é o motivo para atrair a atenção do genitor sírio.

Em entrevista ao jornal The New York Post, Jandali declarou que “isso pode parecer estranho, mas eu não estou preparado, mesmo que nós dois estivéssemos em leitos de morte, para pegar o telefone e ligar para ele. […] Steve vai ter de fazer isso, e o orgulho sírio que eu tenho fez faz querer que ele nunca pense que eu estou atrás da fortuna dele.”

De acordo com a versão de Jadali, a decisão de colocar o bebê Jobs para adoção foi tomada pela sua namorada da época, Joanne Simpson. Naquele momento, Jandali teria se casado com a moça e assumido a criança, mas ela decidiu fazer o parto em San Francisco, na Califórnia, para que ninguém ficasse sabendo da adoção.

Depois, o casal reatou e tiveram uma filha juntos, nomeada Mona. Além disso, Jandali garante que não quer tomar o lugar dos pais de criação de Jobs, pois eles são os responsáveis pela sua formação. Jandali defende que quer apenas conhecer “esse homem incrível que eu ajudei a produzir”.