Publicado em: terça-feira, 26/04/2011

Otan bombardeia palácio de Khadafi

A Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte) autorizou um bombardeio em massa sobre a cidade de Tripoli, na Líbia, na segunda-feira (25).

Aviões da Otan intensificaram os ataques e entre os alvos atingidos estava um palácio de propriedade do ditador Muammar Khadafi. O local atingido pelo bombardeio abrigava escritórios do ditador, e não há informação sobre mortos ou feridos.

Após os ataques, os sinais de televisões e rádios de Trípoli foram interrompidos, mas retomados horas mais tarde. Em seguida, alguns manifestantes se reuniram no local para manifestar o apoio ao ditador líbio.

A Otan foi autorizada, através do Conselho de Segurança da ONU (Organização das Nações Unidas), a interferir na crise política da Líbia. O uso da força por parte da Otan na Líbia foi considerado legal por entender que a presença do ditador Khadafi, há mais de 40 anos no poder, é prejudicial à democracia e ao país africano.