Publicado em: sexta-feira, 21/03/2014

“Os Pássaros” volta aos cinemas após 50 anos

Os Pássaros volta aos cinemas após 50 anosEm 1963, Alfred Hitchcock lançou o filme Os Pássaros. Na época, o filme recebeu uma série de críticas negativas, demorando algumas décadas para se consolidar como uma das grandes produções de suspense da história. Curiosamente, esta é quase uma constante na vida de Hitchcock: o mesmo já havia acontecido anos antes, com Vertigo (Um Corpo que Cai). Atualmente, Vertigo é considerado um dos melhores filmes já feitos.

Restauração

Há pouco tempo, Vertigo recebeu uma nova versão, digitalizada, chegando a ser exibido em alguns cinemas brasileiros. Agora, o mesmo acontece com Os Pássaros. A produção, que tem duração de duas horas, foi restaurada e retornará aos cinemas. Até o momento, não há maiores informações sobre quais cinemas brasileiros apresentarão a obra, mas ela deve entrar em cartaz nos Estados Unidos ainda neste mês.

Além de ser um clássico do suspense, o filme fecha o que ficou conhecido como “trilogia edipiana” de Alfred Hitchcock. A relação conturbada entre mães e filhos é um tema recorrente na obra de Hitchcock, mas foi com Psicose, Os Pássaros e Marnie que o cineasta explorou o tema com maior profundidade.

Sinopse

Os Pássaros se baseia em um conto da escritora Daphne du Maurier, de mesmo nome. A história tem início em um pet shop de San Francisco, onde Mitch (Rod Taylor) e Melanie (Tippi Hedren) se conhecem. Melanie, interessada no rapaz, acompanha Mitch até Bodega Bay. Contudo, a cidade passa a presenciar estranhas situações envolvendo pássaros, que se tornam progressivamente uma ameaça aos habitantes.

Desde que foi lançado, o filme suscita muitas discussões sobre sua simbologia. Mitch é um jovem dominado por sua mãe, que não deixa que ele se relacione com mulheres. De fato, toda a cidade de Bodega Bay vive em uma espécie de isolamento pessoal. Com o ataque de pássaros, os habitantes são forçados a se unir na busca de uma salvação. Por isso, é comum que Os Pássaros seja considerado uma espécie de parábola com fundo cristão.

Efeitos

Para os mais jovens, Os Pássaros – assim como a imensa maioria dos filmes de sua época – pode parecer simples demais em seus efeitos especiais. Entretanto, na década de 1960, o filme de Hitchcock foi considerado uma grande proeza técnica. Quem não conhece o filme, e pretende assisti-lo nos cinemas, deve ter esta questão em mente. Embora tenha sido lançado há mais de meio século, o filme de Hitchcock ainda consegue apresentar um suspense envolvente.

Relançamentos

Além de Os Pássaros e Vertigo, ambos de Hitchcock, outros clássicos do suspense e do terror vêm sido restaurados e exibidos nos cinemas. Recentemente, São Paulo recebeu sessões do clássico O Iluminado, de 1980, que também passou por processos de restauração.

Em março do ano passado, a coleção Monsters trouxe oito restaurações de grandes clássicos do cinema de terror do começo do século XX, incluindo o Drácula de 1931, com o ator Bela Lugosi. Outros filmes incluídos na coleção foram O Homem Invisível, O Lobisomem e O Monstro da Lagoa Negra, dentre outros.