Publicado em: terça-feira, 24/07/2012

Oposição garante que bombardeio do exército matou seis crianças na Síria

Nesta terça-feira (24), ao menos seus crianças e quatro civis foram mortos em um bombardeio feito pelo Exército sírio na cidade de Herak, em Hauran Plain. As informações foram concedidas pela oposição do país e uma gravação registrou os corpos das vítimas mutilados em um hospital da cidade. Um ativista afirmou para as agências de notícias internacionais que morteiros e artilharia atingiram as ruas da cidade e grande parte das crianças que moraram na região foram mortas.

O ativista da oposição contou que o Exército da Síria está atingindo várias localidades como Herak, Khirbat Ghazaleh, al-Nuiameh Dael e Old Deraa a partir do estádio de Malaab al-Baladi, localizado em Deraa. Deraa é a cidade alvo da revolta popular, que está sendo realizada há 16 meses no país contra o presidente Bashar al-Assad.

Perda do controle

De acordo com a oposição, há muito tempo as forças do governo perderam o controle sobre a cidade e também sobre os mais importantes centros em Hauran, que vai desde a capital Damasco até a Jordânia. No entanto, o exército sírio continua atacando intensamente as regiões em que os rebeldes têm o controle, matando várias pessoas, em sua maioria civis.

Uma gravação foi divulgada na internet em que aparecem corpos de crianças em Herak. Os corpos apresentam várias perfurações no tronco, nas pernas e também na cabeça. Um homem no vídeo aparece gritando e dizendo que confia em Deus. Ele culpa o governo pelos assassinatos das crianças.