Publicado em: sexta-feira, 12/08/2011

Oposição começa coleta de assinaturas para instaurar CPI mista

As lideranças dos partidos de oposição ao Governo na Câmara e no Senado anunciaram nessa quinta-feira (11) que vão começar a coletar assinaturas para instaurar uma Comissão Parlamentar de Inquérito Mista (CPMI). O objetivo de tal Comissão seria investigar as denúncias de corrupção no poder Executivo. Além disso, foi criado um site multipartidário para manter a sociedade informada a respeito das medidas que vem sendo tomadas e atualizações sobre a CPMI.

De acordo com o senador Demostenes Torres (GO), líder do DEM, “o site servirá para mostrar à população quem quer e quem não quer investigar essa sucessão de fatos escandalosos que têm acontecido.” Foi anunciada a iniciativa de criação da CPMI após a reunião com líderes do PSDB e integrantes oposicionistas que representam as duas casas do governo. Além disso, por as acusações terem se espalhado a diversos Ministérios, a oposição defende que é necessária uma CPI mais abrangente.

Para o senador José de Agripino (DEM-RN), “por isso será uma CPMI abrangente sobre todos os assuntos que estão sendo denunciados, inclusive sobre a questão da [área] saúde, que nem ao menos foi mencionada.” Agora, para instaurar a CPMI, são necessárias as assinaturas de 27 senadores e 171 deputados.

Antes de anunciarem a intenção de instaurar uma CPMI, a oposição já havia tentado coletar assinaturas suficientes para autorizar a CPI dos Transportes. Porém, naquele momento alguns senadores recuaram e não foi atingido o número mínimo de assinaturas necessárias. Agora, os líderes da oposição acreditam que o aumento das denúncias favorece a coleta de assinaturas.