Publicado em: quarta-feira, 25/07/2012

Operadoras podem retomar vendas em 15 dias, estimou Paulo Bernardo

Uma estimativa do ministro Paulo Bernardo, divulgada ontem, é que em 15 dias as operadoras voltem a vender seus serviços normalmente. Segundo ele, as operadoras já estão produzindo os planos que devem ser apresentados para o governo e com isso as vendas de linhas telefônicas e internet serão retomadas. O ministro ressaltou que os problemas não serão resolvidos em 15 dias, mas que esse é um tempo suficiente para as empresas demonstrarem planos para melhoria dos serviços prestados. Ele disse que assim que o plano indicar melhoras nos problemas será autorizada a venda de produtos, contando que as empresas cumpram o prometido no plano entregue em um prazo a ser estipulado. A declaração foi dada pelo ministro depois de reunião com Dilma Rousseff.

Planos serão divulgados para clientes pela internet, diz ministro

De acordo com Bernardo, os planos também ficarão à disposição dos clientes. Eles deverão ser apresentados pelas três empresas – TIM, Claro e Oi – para que os serviços das mesmas sejam autorizados pelo governo. O objetivo da divulgação na internet é proporcionar que todos tenham acesso e acompanhem a melhor nos serviços. A medida que cortou os serviços das empresas passou a valer na segunda-feia, dia 23 de julho e se estenderá até que as mesmas apresentem plano que garantam a qualidade dos serviços. As vendas estão proibidas para a TIM em 19 estados, para a Oi em cinco e para a Claro em três. O ministro disse que quando o governo liberar as vendas, também fará um acompanhamento para ver se os pontos obrigatórios estão sendo cumpridos. Ele falou ainda que a medida é dura e forte, mas que era inevitável, pois havia muitas reclamações por parte dos consumidores. A presidente Dilma também pediu pressa para solucionar os problemas.