Publicado em: sábado, 28/07/2012

Operadoras dizem que implantação do nono dígito pode gerar instabilidade

Operadoras dizem que implantação do nono dígito pode gerar instabilidadeA partir de amanhã, domingo, 29 de julho, os números de telefonia celular de São Paulo e de sua região metropolitana que utilizam o DDD 11 ganharão um novo dígito. Para fazer ligações, os usuários terão que acrescentar um nove antes de todos os números. No entanto, essa mudança que está sendo feita pela a Agência Nacional de Telecomunicações, a Anatel, pode fazer com que uma certa instabilidade seja registrada nos serviços das operadoras como a Tim, por exemplo. A decisão foi tomada pela a Anatel para que novas combinações de linhas móveis estejam disponíveis no mercado.

A Tim enviou aos seus usuários, por meio de uma mensagem de texto enviada para os celulares, que uma instabilidade poderá ser registrada tanto nos sistemas, quanto nos serviços da operadora. Já por meio da sua assessoria de imprensa, a companhia disse que está trabalhando para que essa alteração possa acontecer sem que seus clientes sejam atingidos. Porém, a Tim explicou que por causa sistemas que utiliza, alguns dos seus serviços podem ficar indisponíveis durante o domingo.
Se qualquer problema acontecer, a Tim orienta para que seus clientes desliguem e liguem seu celular. Dessa forma, um novo registro de rede será feito automaticamente e os serviços devem voltar a funcionar.

Além disso, a Tim afirmou por meio da nota que está preparada para cumprir a inclusão do nono dígito estabelecida pela a Anatel.

Outras operadoras também divulgaram notas por meio de suas assessorias de imprensa para falar sobre a mudança. A Claro declarou que está fazendo de tudo para que essa alteração tenha o menor impacto possível para os seus usuários. A empresa também optou por comunicar aos seus clientes, por meio de mensagem de texto ou na conta de telefone, sobre a mudança que ocorrerá a partir deste domingo.

Enquanto isso a Oi afirmou que todas as suas equipes estão mobilizadas para que a transição possa ocorrer sem o menor incômodo possível aos seus clientes e contou que os seus clientes estão sabendo da mudança desde abril deste ano.