Publicado em: quarta-feira, 25/06/2014

Operadora de telefonia móvel Oi relata que em dez dias a transmissão de dados no Brasil já ultrapassou número registrado na Copa da África do Sul

Operadora de telefonia móvel Oi relata que em dez dias a transmissão de dados no Brasil já ultrapassou número registrado na Copa da África do SulA operadora Oi fez o registro de 32 terabytes de dados nas redes de mídia e informática, esses números foram fruto dos dez primeiros dias da realização da Copa do Mundo no Brasil, estes dados já são maiores do que os dados que foram registrados durante a realização da Copa das Confederações, quando o tráfego de dados nas redes de mídia registrados foram de 7 terabytes, os dados foram repassados pela própria Oi nesta terça-feira.

Estes números representam o consumo de dados feitos pelos profissionais dos veículos de comunicação que estão credenciados para a cobertura dos jogos da Copa do Mundo no Brasil, no total 20 mil trabalhadores de mídia que representam 113 países.

Os dados são diretamente ligados ao número de fotos enviadas de alta resolução, que representam 9 milhões de fotos, em resolução normal o número de fotos enviadas corresponde a 35 milhões, segundo informações da própria Oi em um comunicado, além disso de acordo com a empresa o registro feito no Brasil durante esses dez primeiros dias já superou o número de dados que foi trafegado na Copa de 2010, na África do Sul, durante todo o período de duração do mundial.

Segundo o comunicado em relação a esses números registrados a Copa do Mundo no Brasil já é considerada a mais conectada de todos os mundiais, a empresa que foi escolhida pela Fifa para fornecimento de internet e serviços coorporativos nos 12 estádios da Copa, ainda atende a Fifa em relação a serviços de telecomunicações.

Segundo a empresa houve um grande número de profissionais que se utilizaram do recurso de multiconexão, quando este se mantém conectado com dois ou três dispositivos ao mesmo tempo, isso se deve ao fato de muitos se conectarem por aparelhos smartphones, tablets e também computadores, o número de dispositivos conectados durante os dez primeiros dias da Copa, por profissionais de mídia, representaram 152 mil, utilizando-se da rede sem fio disponibilizadas para utilização nos 12 estádios da Copa, sendo esta rede Wi-fi dedicada apenas para o uso dos profissionais.

Em relação ao volume de tráfego de dados, em seu comunicado, a empresa Oi declarou que houve crescimento em relação aos números registrados durante a realização da Copa das Confederações no ano passado no país, nos quinze dias em que houveram jogos o volume de dados registrados pela utilização dos profissionais de mídia foi de 7 terabytes, na ocasião.