Publicado em: sexta-feira, 25/11/2011

ONU denuncia violações de Direitos Humanos na Síria

O Comitê da Organização das Nações Unidas contra a tortura realizou hoje uma denúncia sobre “violações flagrantes e sistemáticas” dos Direitos Humanos na Síria. Violações que continuam impunes.

O Comitê examinou inúmeros relatórios coerentes e justificáveis, relatando as violações sistemáticas dos direitos no país. As informações são de Claudio Grossman, diretor do grupo de dez especialistas que compõe o Comitê.

Claudio Grossman também afirmou estar “particularmente preocupado com os casos envolvendo crianças que foram submetidas à tortura e mutilações durante a prisão”, além das “execuções extrajudiciais, sumárias e arbitrárias”.

Esse comitê também exige que o regime sírio apresente um relatório até o dia nove de março de 2012, e se explique sobre as medidas adotadas para assegurar que a Convenção contra a tortura seja respeitada.