Publicado em: sábado, 14/09/2013

ONU declara que relatórios oficiais devem concluir que armas químicas foram usadas em ataques na Síria

ONU declara que relatórios oficiais devem concluir que armas químicas foram usadas em ataques na SíriaA Organização Mundial das Nações Unidas declarou por meio de seu secretário geral Ban Ki-moon, que os relatórios oficiais onde contém as análises, realizadas durante a visita que os inspetores designados pela organização fizeram a Síria logo após os ataques ocorridos no mês de agosto, devem indicar que houve mesmo a utilização de armas químicas que vitimaram milhares de pessoas no mês passado no país.

O relatório elaborado pelos inspetores especialistas em armas químicas, que foram a Síria e lá colheram materiais que auxiliaram à eles na conclusão sobre quais seriam as armas químicas utilizadas com precisão nos ataques, deve ser divulgado na próxima semana.

A equipe enviada pela ONU á Síria foi liderada pelo inspetor da Suécia Ale Sellstron e também passou por alguns problemas durante a sua visita ao país, segundo informações nos primeiros dias em que eles se dirigiram às zonas mais atingidas pelos ataques, alguns dos carros que faziam parte da comitiva foram atingidos por tiros, porém nenhum dos especialistas se feriu, os detalhes que esse relatório irá apresentar não foram divulgados ainda, segundo informações a única orientação que foi passada para Ale Sellstron foi para que nesse documento não contivesse dados sobre a possível autoria desses ataques ocorridos na Síria.

Durante essa semana algumas informações foram divulgadas sobre esses ataques, que apesar de ser negado pelo governo de Bashar Al Assad, isso não isenta as forças de culpa, já que segundo o secretário da ONU, foram cometidos crimes contra a humanidade na Síria, já que muitos seqüestros foram realizados e muitas pessoas desapareceram, além de um número de civis terem sido vítimas de estupro, algumas informações divulgadas também essa semana dizem que houve também crimes de guerra no país.