Publicado em: quarta-feira, 15/08/2012

ONU afirma que rebeldes e governo são responsáveis pelos massacres na Síria

ONU afirma que rebeldes e governo são responsáveis pelos massacres na SíriaUm relatório apresentado pela comissão de investigação das Nações Unidas (ONU), declarou que os rebeldes sírios e as forças do presidente Bashar al-Assad são os responsáveis pelos crimes de guerra que estão sendo cometidos no país. O relatório da organização também afirma que a oposição síria comete os crimes, no entanto estes são bem menores.

O relatório foi divulgado nesta quarta-feira (15), e possui 102 páginas. A comissão da ONU afirma que as forças do regime de Assad, assim como as milícias que estão relacionadas com o governo, cometem crimes contra a humanidade. Entre os crimes listados no relatório estão torturas e assassinatos, e outros que vão contra as leis humanitárias e os direitos humanos.

Denúncia

A comissão fez a denúncia de ataques indiscriminados contra os civis, assassinatos não legais e violência sexual. O relatório garante que estes crimes foram realizados como parte política da Síria, o que faz acreditar que as seguranças do governo assim como suas forças armadas estão envolvidas nas violações.

O informe da comissão de investigação afirma que os grupos opositores do regime de Assad também cometeram crimes, até mesmo torturas e assassinatos ilegais. Porém, segundo o texto, os abusos e violações cometidos pelos rebeldes não foram tão graves e frequentes como os das forças do governo. O relatório será examinado no próximo mês pelo Conselho de Direitos Humanos da ONU.