Publicado em: terça-feira, 17/08/2010

Onda de calor mata mais de cem pessoas no Japão

As altas temperaturas que assolam o Japão desde junho continuam resultando em mortes e internações.

De acordo com o governo japonês, desde o início do verão, pelo menos 132 pessoas morreram em decorrência do forte calor que atinge o país asiático. O número de pessoas internadas pelo mesmo motivo já supera a marca de trinta mil.

Somente em julho 94 mortes e mais de 17 mil internações foram contabilizadas, segundo autoridades japonesas, os piores números para este período nos últimos anos. A maioria das vítimas são pessoas com mais de 65 anos.

O Japão vem enfrentando o verão mais quente dos últimos anos. Tóquio tem registrado temperaturas mínimas de 25 C°, enquanto que a máxima, por diversos dias, foi de 38 C°. De acordo com meteorologistas, a onda de calor deve persistir por, pelo menos, até o fim do mês.