Publicado em: quarta-feira, 20/07/2011

OMS indica que risco de contrair sarampo é maior durante o verão

A Organização Mundial de Saúde (OMS) afirmou que durante os grandes eventos que ocorrem no verão, como festivais de músicas e eventos desportivos realizados em vários países, a contágio com o sarampo é mais propícia. O alerta é para as Europa que está vivendo um período de surto da doença.

“Como o vírus do sarampo é muito infeccioso e as gotículas contaminadas podem ficar ativas muito tempo no ar, a vacinação é muito importante, em especial antes de viajarmos para grandes eventos, como eventos culturais, musicais ou desportivos”, informou a OMS em comunicado no seu site.

A OMS está preocupada já que 38 países reportaram a ocorrência de casos recentes de sarampo nas últimas semanas, totalizando 12 mil casos. Os países com maiores índices são a França, Reino Unido, Bélgica, Espanha, Sérvia a Suíça. Em Portugal, a Direção Geral de Saúde divulgou em maior que haviam sido registrados apenas dois casos do sarampo no país.

A preocupação no momento está e fornecer as entidades responsáveis e a população a dose da vacina. Na região, a OMS indica que para o organismo ser considerado imune ele deve receber duas doses da vacina. Os programas nacionais de vacinação aplicam a dose em crianças depois dos cinco anos. “Mesmo que a comunidade local tenha imunização, há risco de importação, tendo maior risco as pessoas sobre vacinadas ou não vacinadas”, diz a OMS. Os grupos que tem sido mais afetados são os de crianças até 4 anos e jovens e adultos entre 15 a 29 anos.