Publicado em: segunda-feira, 02/01/2012

OMS está preocupada com gripe mutação e vírus responsável por gripe aviária

A Organização Mundial de Saúde (OMS) emitiu um alerta na ultima sexta-feira (30) após cientistas divulgarem a citação de uma mutação do vírus da influenza H5N1, a grupe avaria. O vírus é considerado altamente letal, e a OMS pede que os trabalhos sejam estritamente controlados.

A agência de Saúde da Organização das nações Unidas ()nu) comentou que está “profundamente preocupada com as consequências negativas potenciais” com dois trabalhos realizados na pesquisa da gripe aviária, que indicam uma possível transmissão humana do vírus H5N1, que é altamente provável de causar uma pandemia letal entre os humanos.

“Embora esteja claro que o ato de conduzir pesquisas para obter conhecimento deve continuar, também está claro que certas pesquisas, e principalmente aquelas que podem gerar formas mais perigosas de vírus, têm riscos”, afirmou a ONU.

No mês passado, as pesquisas foram censuradas por algumas publicações científicas internacionais por serem altamente perigosas, divulgando apenas dados mais abstratos e sem comentar muito sobre as mutações, uma vez que pode dar detalhes para a produção de armas biológicas.

Estudos indicam que desde 1997 o vírus da gripe aviária não sofreu mutações de forma natural que possibilitasse a transmissão de pessoa para pessoa. Esta é uma das principais preocupações dos cientistas, que há anos vem trabalhando em pesquisas para conhecer formas para o vírus de transmitir e também as suas propriedades de contaminação.

Na avaliação da OMS, os estudos deveriam ser feitos a “apenas depois que tivessem sido identificados todos os riscos à saúde pública e benefícios importantes” e ainda que “houvesse a certeza de que as proteções necessárias para minimizar o potencial para consequências negativas estavam em vigor”.