Publicado em: segunda-feira, 30/07/2012

Olimpiadas Londres 2012 – brasileiro quebra a medalha e COB pedirá nova peça

Olimpiadas Londres 2012: brasileiro quebra a medalha e COB pedirá nova peçaO brasileiro Felipe Kitadai, que conquistou uma medalha de bronze nos Jogos Olímpicos de Londres, na Inglaterra, e não queria se desgrudar da peça. Tanto que por isso, um acidente fez com que a medalha caísse no chão e tivesse a haste, parte responsável por segurar o cordão da peça, quebrada.

Por conta disso, a Confederação Olímpica Brasileira (COB) fez uma solicitação no domingo, 30 de julho, para que o comitê organizador das Olimpíadas 2012, o Locog, troque a medalha de Felipe. No entanto, a confederação ainda não sabe se este pedido será atendido.

Segundo as informações dadas por Ney Wilson, que é coordenador técnico da Confederação Brasileira de Judô, CBJ, o acidente com a medalha aconteceu durante a madrugada de sábado para domingo. De acordo com ele, o atleta dormiu com a medalha em seus pescoço e quando acordou percebeu que a peça estava quebrada.

Felipe Kitadai foi o vencedor da medalha de bronze na repescagem do judô na categoria de lutadores com até 60 quilos no último sábado, 28 de julho. Desde então o atleta não se desgrudou mais do fruto da sua conquista. O atleta tentou esconder o incidente da imprensa durante a entrevista coletiva. Enquanto Sarah Menezes, que conquistou o ouro no judô feminino, usava a sua medalha no peito, Felipe guardava a sua no bolso. Quando pediram para que ele também colocasse a sua medalha no peito, ele tentou disfarçar o que tinha acontecido com a sua peça.

Casos parecidos com o atleta brasileiro não são conhecidos nos Jogos Olímpicos. Porém, fatos semelhantes já aconteceram durante os últimos jogos Pan-Americanos. Na edição do Rio de Janeiro, por exemplo, que aconteceu no ano de 2007, as medalhas tinham uma parte que era confeccionada com acrílico duro e aconteceu de algumas peças apresentarem rachaduras e, por conta disto, elas foram trocadas.

Já em 2011 em Guadalajara, no México, algumas medalhas tiveram um leve desbotamento em suas cores depois que foram entregues aos atletas e o comitê organizador da competição se encarregar de trocar as peças que apresentaram defeitos.