Publicado em: quarta-feira, 25/07/2012

Olimpiadas de Londres 2012 – Atleta grega é expulsa da delegação por fazer comentário racista no Twitter

Voula Paraskevi Papachristou foi expulsa pelo Comitê Olímpico da Grécia devido a um comentário racista que escreveu em sua conta no microblog Twitter. A atleta do salto triplo não irá participar dos Jogos Olímpicos de Londres pela publicação ofensiva que fez aos africanos. O Comitê Olímpico grego afirmou que a atleta não possui “espírito olímpico”.

Fazendo referência aos mosquitos que transmitem doenças, Papachristou escreveu a seguinte mensagem em sua conta no Twitter: “Com tantos africanos na Grécia…os mosquitos que vêm do oeste do Nilo pelo menos vão comer muita comida caseira”. Este comentário rendeu a atleta sua expulsão da delegação grega, e ela nem irá viajar com os demais para Londres.

Corte

Isidoros Kouvelos, chefe da delegação grega, afirmou que Papachristou não representará o país na competição do salto triplo por não ter respeito. A declaração de Kouvelos foi dada em uma entrevista para a “SkaiTV”. O chefe da delegação disse ainda que a atleta cometeu um erro e é preciso pagar por isso. O técnico de Papachristou, George Pomaski, não gostou da decisão tomada pelo Comitê grego.

O treinador afirma que a penalidade imposta para sua atleta foi muito dura, pois ela pediu desculpas pelo que fez. Pomaski disse também que a situação causou uma decepção não somente para a atleta, como também para sua família, a equipe e a ele próprio. Ao saber que foi expulsa, Papachristou emitiu um pedido de desculpas e falou que seu comentário foi somente uma “brincadeira sem graça”.