Publicado em: quarta-feira, 08/08/2012

Olimpíadas 2012: brasileiros ficam sem medalha no hipismo

Olimpíadas 2012: brasileiros ficam sem medalha no hipismoEm sua carreira, Rodrigo Pessoa já conseguiu conquistar três medalhas olímpicas. Ele foi o porta bandeira do Brasil nas Olimpíadas de Londres de 2012, que estão sendo realizadas na Grã-Bretanha desde o final do mês de julho, no entanto desta vez voltará ao Brasil sem trazer nenhuma medalha olímpica. Isso porque o atleta do hipismo ficou bem longe de conseguir subir no pódio da competição, realizado no Greenwich Park.

Outro atleta brasileiro que teve a sua tentativa de voltar com uma medalha olímpica para o hipismo do Brasil frustada nesta quarta-feira, 8 de agosto, foi Alvaro Affonso de Miranda Neto, o Tota, que assim como Rodrigo foi para a segunda rodada da final individual de saltos, mas também ficou bem longe de conseguir alcançar as três primeiras posições.

No entanto, Doda foi o brasileiro que conseguiu se dar melhor na competição. O atleta, que montou o cavalo Rahmannshofs Bogeno, conseguiu terminar na décima segunda posição. Em sua primeira apresentação de hoje, ele derrubou um obstáculo e perdeu quatro pontos. Para conseguir uma vitória, ele precisaria zerar a segunda pista, mas isso não aconteceu. Já nos primeiros obstáculos ele marcou uma falta. No fim, estourou o tempo e terminou com nove pontos perdidos.

Enquanto isso, Rodrigo Pessoa, que também é o responsável por comandar a equipe do Brasil no esporte, ficou bem longe de conseguir levar o ouro, feito que ele conquistou nas Olimpíadas de Atenas realizadas em 2004. Montando a Rebozo, ele também perdeu quatro pontos na primeira pista e teve um desempenho muito pior depois, quando perdeu 12 pontos. Assim, ele ficou em último entre os 22 finalistas.

Outros três brasileiros não conseguiram ir muito longe nas competições do hipismo das Olimpíadas de Londres. Foram os casos de José Roberto Reynoso Filho, o Zé Roberto, montando Maestro St. Lois, que foi o pior atleta da terceira etapa da classificação. Ele terminou no último lugar da fase, em 45º.

Outro que não se deu bem foi Carlos Eduardo Motta Ribas, o Cacá, que montou o Wilexo. O cavalo que ele montava refugou na primeira apresentação, fazendo que ele perdesse 42 pontos e terminasse no último lugar geral. Pouco tempo depois, constatou-se que o animal apresentava uma lesão e por isso eles foram cortados da competição. Caso semelhante já tinha acontecido com um brasileiro no dia anterior ao iníci