Publicado em: segunda-feira, 17/06/2013

Óleo de peixe diminuiu problemas da ‘junk food’ ao cérebro

Óleo de peixe diminuiu problemas da 'junk food' ao cérebroEmbora não haja provas de que a inclusão de óleo de peixe ou de outros suplementos feitos à base deles, ajude na perda de peso, a sua ingestão ajuda para que as pessoas que buscam melhores condições de saúde.

Um dos exemplos disso é que estudos mostraram que a ingestão de óleo de peixe pode diminuir os dados causados ao cérebro humano pelas chamadas “junk food” – que são alimentos como batata frita, hambúrgueres e refrigerantes. O estudo foi publicado no British Journal of Nutrition e também divulgado pela Universidade de Liverpool.

A universidade aponta que o consumo destes óleos, que contém bastantes ácidos graxos ômega 3 tem papel muito importante no combate aos malefícios causados pelas gorduras saturadas e açúcares refinados no cérebro humano.

Entre os malefícios apontados pela universidade estão problemas na geração de novas células nervosas, o que relaciona a obesidade provocada pela junk food ao aparecimento de algumas doenças degenerativas. Assim, conforme universidade, dietas com grande consumo de gorduras saturadas e açúcares refinados além de prejudicar os neurônios anda deixaram comprometidas demais funções exercidas pelo cérebro.

Lucy Pickavance, da universidade, aponta que, no entanto, a pesquisa apontou que os óleos de peixe com ômega 3 podem prevenir este processo e até revertê-lo. Assim, descobriu-se que o ômega 3 existente nestes óleos suprimiria a ação dos triglicérides, que são gorduras, por exemplo.