Publicado em: sexta-feira, 27/04/2012

Oficial é expulso do exército por insultar Obama no Facebook

Os usuários das redes sociais podem escrevem o que bem entendem em suas páginas, no entanto podem sofrer as consequências se suas mensagens não agradarem ou ofenderem. Nesta quarta-feira (27), a Infantaria da Marinha dos Estados Unidos anunciou que um de seus sargentos foi expulso do exército por escrever injúrias ao presidente norte-americano, Barack Obama, em sua página na rede social Facebook.

O sargento em questão é Gary Stein, de 26 anos, que foi desvinculado do Corpo de Fuzileiros Navais dos Estados Unidos. Stein era oficial militar a nove anos. Além disso, era veterano da guerra do Iraque. O ex-sargento teria escrito em sua página no Facebook, e também em outros sites, que o presidente norte-americano era covarde e inimigo da economia e da política.

“Razões não honrosas”

Segundo o comunicado da Infantaria da Marinha, o sargento foi expulso por “razões que não são honrosas”. Isso quer dizer que Stein teve atos de grave conduta ou até mesmo distante de um comportamento esperado por um militar da Marinha dos Estados Unidos. Desta forma, o oficial foi, simbolicamente, rebaixado para soldado raso.

Stein comercializada, em um dos sites, adesivos que traziam a frase “NOBAMA 2012” (Obama não 2012). Um dos sites do militar era “Tea Party das Forças Armadas”, que dá apoio para um grupo muito conservador, que é denominado da mesma forma. O presidente Barack Obama é considerado superior ao posto de sargento por ser comandante e chefe das Forças Armadas.