Publicado em: sábado, 12/05/2012

Obra feita com sangue de Amy Winehouse é comprada por mais de R$ 110 mil

Nesta sexta-feira (11) um quadro feito com o sangue da cantora Amy Winehouse foi comprado por 35 mil libras (aproximadamente 110,7 mil reais), em Londres. A compra da obra, pintada por Pete Doherty, amigo da cantora e líder da banda Libertines, foi comprada em um leilão da galeria Cob. O site do “NME” afirmou que a estimativa era de que a obra fosse vendida por 80 mil libras (R$ 253 mil).

O quadro foi feito em 2010 por Doherty, seu filho e a própria Amy, e foi chamada de “Ladylike”. A técnica utilizada para fazer a tela foi a, chamada pelo artista, “arterial splatter” (borrifo arterial). Para a elaboração do quadro, é retirado o próprio sangue através de uma seringa e este é espalhado pelo quadro. A pessoa também pode cortar um dedo, por exemplo, e pintar com ele.

Quadro

A obra possui um autorretrato de Amy Winehouse e alguns rostos dos integrantes da banda de Doherty, feito com o sangue do artista. Os responsáveis pela venda afirmam que esta obra possui relações artísticas e criativas muito importantes, mesmo não sendo o trabalho “mais simbólico” do músico.

Doherty e Amy eram amigos muito próximos, sendo que os dois tinham envolvimento com drogas. Também foram a leilão outras obras de Doherty que tinham sido colocadas em na exposição “On the blood”. Alguns pertences do artista também foram vendidos. Entre os itens estavam dois corvos dissecados, bandeiras britânicas e garrafas de cristal.