Publicado em: quinta-feira, 04/08/2011

Obama comemora 50 anos em Chicago e fala sobre acordo da dívida pública

Em meio ao debate sobre as consequências do acordo sobre a elevação do teto da dívida dos Estados Unidos, o presidente norte-americano, Barack Obama, comemora nessa quinta-feira (04) o seu aniversário de 50 anos. Aproveitando a data do seu nascimento, o presidente transformou a sua festa de aniversário em um evento de arrecadação de recursos para a companha que visa sua reeleição para o cargo de presidente em 2012.

Ao longo de mês de julho, e principalmente na última semana, Obama se desgastou em todos os sentidos por conta das discussões necessárias para que o acordo fosse aprovado e não acontecesse pela primeira vez na história o calote da dívida americana. Apesar de o teto ter sido elevado, analistas e especialistas avaliam que o resultado foi ruim. O acordo foi sancionado nessa terça-feira (02), prazo máximo para que fosse definido alguma decisão antes que o governo não resolvesse as suas dívidas públicas.

O presidente escolheu um auditório em Chicago para se encontrar com parte do seu público, pois foi lá onde começou a sua carreira política. Ao mesmo tempo, seu discurso foi veiculado por teleconferência para diversos outros que apoiam sua candidatura e realizaram festas de aniversário em homenagem ao presidente.

Para argumentar sua atuação no caso da negociação sobre a dívida pública, Obama afirmou que as eleições do ano que vem podem ser mais importantes do que a de 2008 pela grande divisão que existe entre os representantes públicos com relação às políticas econômicas do país. Além disso, Obama defende que seu governo enfrentou problemas deixados pela gestão de George W. Bush.