Publicado em: sábado, 25/05/2013

O Xbox Live sofre com boato de invasão de hacker

O Xbox Live sofre com boato de invasão de hackerComo sabemos a Microsoft está investindo pesado no desenvolvimento e lançamento de seus produtos, inclusive console de jogos, em um momento que os olhos dos usuários estão se voltando para os jogos aplicativos de dispositivos móveis.

O que a Microsoft não esperava era ter que arcar com mentira publicada sobre o seu já existente jogo, o Xbox Live. A notícia que teriam sido mais de 48 milhões de senhas capturadas por um Hacker, apenas em um boato, mas ainda assim muito prejudicial a ela. A dúvida de quem ouvir os boatos será saber se a Microsoft está cuidando bem do que já possui.

A falsa notícia é que um Hacker invadiu o sistema do Xblx Live e divulgou mais de 48 milhões de senhas. Os dados e senhas recentes do serviço foram conquistados e assinada por um cracker, que assina como Reckz0r.

O conteúdo que Reckz0r colocou a disposição no ar possui inúmeros dados de acesso a contas particulares de todos os usuários, sem exceção da rede do Xbox Live. O cracker comemorou a façanha deixando escrita a mensagem: “Grande dia, também para a underground”.

Como se não bastasse o hacker faz ainda duras críticas ao novo console de jogos da Microsoft, o Xbox One, lançado oito anos após a versão anterior do jogo e uma das maiores apostas em entretenimento da indústria Microsoft para o mercado.

Reckz0r deixa a mensagem para todos lerem que o Xbox One, está “cheio de porcarias”. E continua com, “Hoje, o Xbox Live foi brutalmente dominado”. Demonstrando a fraqueza da Microsoft na proteção de seus desenvolvimentos.

De acordo com Reckz0r, ele já havia feito à invasão, mas só neste momento ele resolveu divulgar, mais uma vez apontando para uma falta de segurança da Microsoft.

Após a apuração sobre os falsos rumores que afetam as Microsoft, foi descoberto que este usuário que assina como hacker, Reckz0r, já havia feito este tipo de difamação através da divulgação de notícias falsas e boatos, todos fakes.

A Microsoft ainda não disse nada a respeito do incidente.