Publicado em: terça-feira, 03/04/2012

Número de roubos é maior em São Paulo do que no Rio de Janeiro

Mesmo com as taxas menores de homicídio, o estado de São Paulo ultrapassou o Rio de Janeiro quanto ao registro total de roubos. É a primeira vez, desde o ano de 2006, que isso acontece. Foram analisados dados da Segurança Pública referente aos dois estados e constatou-se que, somando todos os tipos de roubos e furtos, os paulistas sofreram com esse tipo de violência mais intensificamente em 2011.

Ao todo, foram contabilizados 755 roubos no estado de São Paulo para cada grupo de 100 mil habitantes em 2011, enquanto que no estado do Rio de Janeiro aconteceram 660 crimes desta mesma espécie. Por outro lado, quanto à comparação em relação ao total de homicídios dolosos, o Rio de Janeiro ainda continua apresentando números piores, sendo 26,5 casos por 100 mil habitantes, contra 10 em São Paulo.

Em março havia sido divulgado que os casos de roubo a banco aumentaram muito em São Paulo, assim como os ataques a caixas eletrônicos. Por todo o estado, grupos de assaltantes invadiram estabelecimentos e explodiram caixas eletrônicos instalados nesses locais. Já em horário de expediente, os principais alvos continuam sendo as agências bancárias e casas lotéricas.

Somente na capital paulista, o número de assaltos registrados em março foi 70% maior que no mesmo período em 2011, o equivalente a uma média de uma agência invadida por dia. O número é maior do que o divulgado no ano passado referente aos três primeiros meses do ano. A zona sul é o local de maior violência, seguida das regiões Leste, Oeste e Norte. O centro da cidade é onde menos ocorrem esses crimes.