Publicado em: quinta-feira, 05/04/2012

Número de motoristas embriagados em São Paulo triplica

De acordo com dados fornecidos pela Polícia Militar, o número de motoristas que foram flagrados dirigindo alcoolizados triplicou durante este ano na capital paulista. Segundo as estatísticas, somente nos três primeiros meses de 2012 foi contatado que 3.564 das 60.485 pessoas que foram submetidas a fazer o teste do bafômetro estavam embriagadas.

O índice mostra que a cada 50 motoristas parados pela blitz, cerca de três deles estavam alcoolizados. Dos 221.079 testes que foram realizados na cidade de São Paulo durante 2011 todo, 4.707 foram pegos através do teste do bafômetro, o equivalente a um em cada 50 testes.

No dia 28 de março, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) resolveu que somente o teste do bafômetro e o exame sanguíneo são suficientes para comprovar a embriaguez ao volante. Dessa forma, ficam exclusos o exame clínico e os relatos de pessoas que sirvam como testemunhas em um processo criminal.

Na teoria, esta decisão estaria facilitando o lado dos motoristas infratores que não quiserem assoprar no bafômetro, já que neste caso o testemunho do policial não teria importância durante o inquérito do caso. Contudo, a polícia garante que em prática, esta medida não prejudica o trabalho feito por ela, pois a maioria dos condutores da cidade de São Paulo aceita submeter-se aos testes.