Publicado em: quarta-feira, 28/09/2011

Número de mortos por furacão nas Filipinas sobe para 18

O último balanço sobre o número de mortos com o furacão Nesat nas Filipinas divulgado pelo Centro Nacional de Prevenção de Desastres nesta quarta-feira (28) informou que chega a 18 as vítimas fatais. O furacão atingiu o norte do arquipélago. Além dos mortos, o número de desaparecidos chegou a 35. Enquanto isso, centenas de pessoas estão em abrigos, pois tentaram fugir das consequências do desastre natural, que resultou em enchentes e ventos fortes.

A região foi atingida nesta terça-feira (27) e a velocidade dos ventos foi registrada a 140 km/h com rajadas até 170 km/h. O tufão já deixou a área das Filipinas pelo Mar da China Meridional e agora segue seu rumo em direção ao Vietnã. De acordo com o informativo divulgado pelo Centro Nacional, as vítimas que foram incluídas na relação de mortos são cinco crianças entre 7 meses e 10 anos. As causas de morte foram por terem sido atingidas por árvores que caíram depois do vendaval.

Os serviços de resgate na ilha de Luzon conseguiram resgatar ao menos 108 pessoas. O sistema de segurança do país rebaixou os alertas de furacão, mas o serviço de meteorologia informou que as regiões mais prejudicadas pelas inundações ainda continuam em risco alto.

Outra consequência do furacão foi a queda de energia nas regiões mais afetadas. Agora, quase dois milhões de lares começam a receber de volta o serviço de eletricidade. Os dados oficiais das autoridades mostram que 171.570 pessoas foram afetadas pela tragédia natural, sendo que 47 mil destas estão em abrigos disponibilizados pelo governo.