Publicado em: segunda-feira, 13/02/2012

Novo Sambódromo é inaugurado no Rio de Janeiro

Na tarde deste domingo (12), a Marquês de Sapucaí recebeu a visita do prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, acompanhado do arquiteto Oscar Niemeyer e do presidente do Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos, Carlos Arthur Nuzman, para inauguração do novo Sambódromo.

Faltando uma semana para os desfiles das escolas de samba do Grupo Especial do Rio de Janeiro, a nova Passarela do Samba foi reaberta depois de passar por uma reforma que a manteve do modo como foi projetada há quase 30 anos por Niemeyer. O traçado equilibra os dois lados como se fosse um espelho.

Em seu discurso, o prefeito do Rio ressaltou a importância do Sambódromo para a cidade e contou que ainda faltam alguns ajustes, mas que durante essa semana tudo será finalizado. “Para o samba, isso aqui é fantástico. A história dessa festa popular se concentra aqui. A cidade está em festa e a grande festa vai ser na semana que vem”, completou.

A festa de inauguração contou com a “Corre Aí na Sapucaí”, prova que reuniu cerca de mil participantes fantasiados em uma corrida de 5,5 km. O medalhista Vanderley Cordeiro de Lima estava entre os corredores e chegou em 4º lugar. Durante a prova, o público foi embalado por samba-enredos clássicos.

A reforma

Foram nove meses de obras que deixaram a Passarela do Samba com o traçado original previsto por Niemeyer em 1983, e aumentando para 72,5 mil lugares a capacidade do público. Além de palco para o Carnaval, o Sambódromo é o primeiro local de competição e o segundo equipamento olímpico de 2016 a ser entregue à cidade. No local serão disputadas as provas de tiro com arco olímpico e paraolímpico, além da tradicional Maratona.