Publicado em: quarta-feira, 14/09/2011

Novo prefeito de Jandira chama chaveiro para poder entrar no gabinete

Na manhã desta quarta-feira, o presidente da Câmara de Vereadores de Jandira (SP), Wesley Teixeira (PSB) assumiu a prefeitura da cidade após o afastamento da prefeita Anabel Sabatine (PSDB). Porém, quando chegou para trabalhar hoje, por volta das 10h30, encontrou as portas do gabinete fechadas e as chaves não estavam no prédio da prefeitura. Teixeira precisou chamar um chaveiro para abrir a porta.

Anabel Sabatine foi afastada do cargo, na última terça-feira, num período de 90 dias, por decisão dos vereadores. Durante este prazo, a Câmara deve investigar denúncias de irregularidades na prefeitura. Dentre as irregularidades, a prefeital teria praticado nepotismo, contratando parentes para cargos de confiança, e também desviado verbas da Saúde e Educação.

Anabel assumiu o cargo após o assassinato do prefeito Braz Paschoalin, em dezembro de 2010. O Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) determinou, em agosto, a investigação de uma suporta participação da prefeita no crime, junto com dois ex-secretários.

De acordo com a acusação, os denunciados teria programa o assassinato de Braz Paschoalin para assumirem o controles das atividades ilegais da prefeitura de Jandira, como desvio de dinheiro público, nomeação de funcionários fantasmas e superfaturamento.