Publicado em: terça-feira, 06/05/2014

Novela Meu Pedacinho de Chão – Zelão ameaça Coronel Epa de morte

Novela Meu Pedacinho de ChãoNa Novela Meu Pedacinho de Chão, depois de descobrir que Zelão e Mãe Benta estavam abrigando o pequeno menino Serelepe em sua casa, depois que o garoto fugiu do orfanato onde foi trancafiado, Coronel Epaminondas não teve piedade e decidiu expulsar o capataz e sua mãe de suas terras, mesmo que eles morem no local quando ainda era o pai de Coronel Epa quem comandava aquelas terras.

Zelão foi chamada pelo coronel para receber a notícia, sem deixar claro que sua medida foi devido ao abrigo que deram a Serelepe. Quando ficou sabendo da medida, Madame Catarina tentou demover o marido da decisão, explicando que foi ela quem pediu para que Zelão e Mãe Benta abrigassem o menino, mas como o coronel foi irredutível, Madame Catarina entrou também em uma disputa com o marido, se recusando a dormir e até mesmo comer com ele.

Para piorar, quando expulsou Zelão e Mãe Benta de suas terras, Coronel Epa nem imaginava que iria despertar no capataz uma fúria sem medida. Como recebeu um mês para sair da casa e encontrar com a mãe outro lugar para morar, Zelão está também aguardando o pagamento por seus serviços e seus direitos, mas Coronel Epa irá desvalorizá-lo, pagando bem menos que o devido. No dia em que receber este pagamento, Zelão vai se revoltar com o tratamento do antigo patrão e até irá ameaçar matar o fazendeiro. As cenas estão previstas para irem ao ar na noite do dia oito de maio, próxima quinta feira.

Coronel Epa vai se recusar a trabalhar o que Zelão merece por ter sido seu braço direito durante todo este tempo, sem nem imaginar que o capataz estará depois disso disposto a matá-lo se não acertar as despesas. Zelão admite sua intenção a Giácomo, caso a situação não mude. Zelão chegará a desafiar o antigo patrão, mas ele nem vai se importar. Catarina vai apoiar a atitude de Zelão, chegando ao ponto de resolver sair de casa com a filha devido a indignação pela atitude de Epa. Ferdinando se compadece ainda mais do caso do capataz e promete dar um jeito para que eles continuem vivendo na casa, devido o uso capião.