Publicado em: quarta-feira, 23/07/2014

Novela Meu Pedacinho de Chão – Epaminondas aceita receber Gina para almoço

Novela Meu Pedacinho de Chão - Epaminondas aceita receber Gina para almoçoNa Novela Meu Pedacinho de Chão, Clotilde revela para o prefeito da Cidade das Antas que o filho dela que está perdido tem ele como pai e não o Coronel Epaminondas. A mulher pede a ajuda do prefeito para reencontrar o menino. Ferdinando continua fazendo de tudo para conseguir convencer o pai a aceitar o seu relacionamento e noivado com Gina. Ele conversa com o pai e fala mais uma vez sobre o almoço com ela na casa grande no domingo. Mas o coronel continua se mostrando irredutível.

Ele fala que não haverá almoço algum, afirmando já ter dado ordens sobre isso para os empregados. Então Catarina tenta ajudar o enteado, comentando que Ferdinando não deve discutir com o pai, já que é ele quem manda naquela casa por enquanto. O engenheiro entende o sinal de Catarina, percebendo que vai precisar mudar de estratégia para convencer o coronel.

Ferdinando comenta então que Pedro Falcão acabará retirando seu apoio político ao coronel se descobrir que sua filha não é bem vinda na casa de Epa. O plano acaba dando certo e o coronel muda de ideia na mesma hora, afirmando que Gina pode sim almoçar na casa grande no domingo, pedindo ainda que Ferdinando deixe bem claro que o convite está partindo dele mesmo. Agora o novo casal da Vila de Santa Fé tem muitos motivos para comemorar.

Ferdinando corre para contar a Gina que a presença dela já foi consentida pelo Coronel Epaminondas e a ruiva mal acredita no que está ouvindo. Nando ainda desafia, afirmando que além de ficarem noivos, se o clima for propício, ele até marca a data do casamento deles. Mas quem fica incomodada com a situação é dona Tê, reclamando que Nando tenha ido ver Gina de novo e que eles devem marcar horários para esse namoro. Quando Gina comenta que o engenheiro está até querendo marcar a data do casamento, dona Tê quase desmaia.

Ferdinando e Gina oficializam o noivado durante o almoço na casa grande de Coronel Epa. Clotilde comenta com o prefeito ter descoberto que seu filho perdido teria sido adotado por um casal de idosos, mas que fugiu do local dias depois. Coronel Epa descobre que o verdadeiro pai do filho de Clotilde é o prefeito. Mãe Benta revela para o filho Zelão que o prefeito se recusa a assumir o filho de Clotilde.