Publicado em: quarta-feira, 02/04/2014

Novela Joia Rara – Décio e Valter se unem a máfia italiana

Novela Joia Rara - Décio e Valter se unem a máfia italiana	No final da trama de Joia Rara, que chega ao fim nesta semana, nem todos os vilões irão se dar mal indo para a cadeia ou enfrentando a morte trágica. Com o fim da trama previsto para o próximo dia 4 de abril, o final de muitos vilões será finalmente revelado.

Enquanto Manfred e Ernest devem ter uma morte trágica, mas depois de terem se perdoado e se aceitado, apesar dos erros e imperfeições. Por outro lado, Décio irá roubar a joalheria Hauser, mesmo descumprindo as recomendações da mãe.

Valter vai descobrir o que houve e vai exigir que Décio o faça de cúmplice, dividindo com ele os lucros do roubo. Laura vai denunciar o próprio filho e o ex-marido para a polícia, já que ela é também a responsável pela joalheria neste caso. A polícia vai atrás dos dois malandros, mas eles conseguirão escapar. Dispostos a conseguir se dar sem muito esforço, eles fogem do país e se juntam à máfia italiana.

Depois de conseguirem escapar, os dois acabarão ficando tão famosos no mundo crime que os jornais irão até estampar sua foto na capa, como procurados internacionais. Valter estará fugindo de sua pena pela exploração da mão de obra infantil na carvoaria, enquanto Décio deixará de responder pelo roubo na joalheria Hauser.

Apesar de vilões, Décio e Valter não foram tão maus quanto Manfred e Ernest no início da trama e por isso terão este final alternativo. Décio, que sempre foi malandro, conseguirá se dar muito bem com a máfia italiana, levando o pai a tiracolo.

Com isso, Laura finalmente conseguirá oficializar seu divórcio do marido, tendo o caminho livre para viver o amor ao lado de Arthur, que fará sucesso com suas pinturas e desenhos na exposição ao lado de Viktor. Resta saber se os boatos do fim da trama irão se concretizar no último capítulo, como a morte de Ernest, mesmo depois de regenerado.