Publicado em: terça-feira, 11/03/2014

Novela Em Família – Cadu recusa oferta de dinheiro de Marina por ciúmes

Novela Em FamíliaNa Novela Em Família de hoje, já incomodado com a amizade entre Clara e Marina, desconfiando que existe algum outro interessa da fotógrafa em sua esposa, Cadu irá chegar a recusar o investimento proposto por Marina em seu novo restaurante. Tudo isso deve acontecer nos próximos capítulos da novela Em Família, de Manoel Carlos, quando Cadu ficar intrigado com o motivo de Marina para bancar e financiar uma grande festa de aniversário para Clara, sem nenhum motivo aparente. Na festa, Vanessa percebe que o rapaz está incomodado e comenta com Marina. Para tentar amenizar qualquer mal entendido, Marina então vai até a casa de Clara e pede para ter uma conversa com Cadu, mas ele não está no momento.

A fotógrafa decide ficar aguardando a chegada do aspirante a chef de cozinha, mas quando ele chega não gosta nada de ver que ela e Clara estavam na maior intimidade. Os dois estão sentam para ter uma conversa particular e Marina comenta que depois de apresentar seu projeto do restaurante, ele nunca mais a procurou para que eles conversassem sobre o investimento. Mas que mesmo assim ela já teria pensado muito e havia decidido investir. Mas enciumado, Cadu vai afirmar que também pensou melhor e decidiu que quer ao seu lado alguém que entenda mais de negócios do que ela.

Clara e Marina fica surpresas com a resposta de Cadú, que ainda afirma esta em contato com outras pessoas, mas que agradecia a oferta dela. Clara fica ainda mais constrangida e somente depois é que tenta entender com o marido o que foi que houve. Ela pergunta a Cadu porque ele tomou aquela decisão, já que o que mais queria era alguém para investir em seu projeto de restaurante, afirmando que jamais esperava que ele fosse recusar a oferta de Marina. Mas Cadu apenas se esquiva, afirmando que ela é a chefe de Clara e não seria bom misturar as coisas, lembrando que existem outras pessoas além de Marina com grana no mundo.

Novela Em Família

Clara percebe que Cadu está incomodado e pergunta se ele gostaria que ela deixasse o trabalho no estúdio de Marina e procurasse outra coisa. Cadu pergunta se Clara por acaso quer isso e ela fica sem resposta. Cadu apenas finaliza a conversa afirmando que não quer a esposa faça nada que não tenha vontade.

Novela Em Família – Virgílio e Laerte tem acerto de contar do passado

Na Novela Em Família de hoje, Por uma infeliz coincidência, Laerte e Virgílio acabarão passando o mesmo final de semana em Goiânia, se encontrando cara a cara depois de 20 anos na mesma casa de fazenda onde ocorreu a tragédia que destruiu a vida de todos na juventude. Os dois terão uma conversa nada amigável, que terminará ainda em agressão. O clima já será tenso desde o início mais vai piorar no momento em que Laerte se referir a Helena como Leninha.

Novela Em Família

Virgílio fica nervoso e lembra de uma discussão que os dois tiveram no passado, quando Laerte não permitia que o rapaz se referisse dessa forma a sua prima e sempre o tratou muito mal por conta disso. Virgílio lamenta sobre como Laerte sempre o diminuiu e o humilhou, que ele trabalhava limpando a casa de Laerte e ainda muitas vezes fez o dever dele para que o flautista se desse bem, destacando ainda que toda a família dele sempre serviu aos pais de Laerte.

O flautista reclama que Virgílio está desdenhando do prato que comeu, mas o artesão lembra que a família de Laerte os tratava como se pudessem fazer tudo com eles, só porque pagavam o salário da família, mas que pagavam pelo trabalho e também pelo silêncio dos serviçais, porque era assim que agiam com todo mundo. Virgílio ainda lembra que foi por conta desta postura que todos ficaram tão indignados quando ele foi algemado e preso no altar, sem se conformar que um empregado pobre pudesse ter desmoralizado o filho rico da cidade, mesmo depois de ter sido enterrado vivo pelo patrão.

Novela Em Família

Laerte tenta se defender da acusação, mas Virgílio nem permite, afirmando que ele é um canalha. Laerte provoca, afirmando que não é o que Helena ou Luiza pensam dele. Virgílio então perde a cabeça e suspende Laerte, bem próximo ao tronco onde no passado ele bateu com a cabeça e quase morreu. Ele comenta que poderia fazer com o flautista o mesmo que ele fez no passado, esfregando o rosto de Laerte no tronco. O flautista, tentando se defender, tenta pegar uma espora, mas Virgílio é mais rápido e pergunta se ele quer sentir a mesma dor que ele sentiu no passado, ficar com o mesmo sinal.

Virgílio quase passa o objeto no rosto de Laerte, mas ele consegue se desvencilhar e os dois entram em uma luta corporal. O resultado da luta será favorável a Virgílio, que apenas vai machucar a mãe, enquanto Laerte sairá com a boca sangrando e um olho roxo. Virgílio retornará ao Rio de Janeiro sem coragem de contar o que houve.