Publicado em: terça-feira, 05/08/2014

Novela Boogie Oogie – Isis Valverde comemora sua primeira protagonista

Novela Boogie Oogie - Isis Valverde comemora sua primeira protagonistaNa Novela Boogie Oogie, depois de passar dois anos afastada das novelas, a atriz Isis Valverde comemora agora o seu retorno como protagonista da trama das 18 horas. Ela passou dois anos se dedicando a minisséries e filmes, mas agora retorna à telinhas em um ritmo intenso de gravações, comemorando a primeira protagonista que vive nos folhetins. Ela já viveu as personagens principais das séries Amores Roubados e também o Canto da Sereia, mas garante que viver Sandra agora é um presente, porque se trata de uma jovem que está imersa em um mundo dramático, mas com algumas pitadas de humor. Ela ainda destacou que muitas pessoas que não viveram nos anos 70 também acabarão se identificando com o drama dos personagens.

Sobre Sandra, Isis destaca que haverão momentos dramáticos e cômicos na história, porque a personagem deve transitar entre estes dois mundos. Ela explica que ao mesmo tempo que o drama deve ser muito real, ele precisa ficar leve, mas sem chegar ao ponto da comédia pastelão. Para Isis, o drama de Sandra é como uma colcha de retalhos, em que um pedacinho será costurado de cada vez. Isis se orgulha dos estudos que precisou realizar para construir seu personagem de época, destacando uma pasta que encheu somente com referências para viver Sandra. Ela conta que recuperou também várias gírias da época, para adequar a personagem a este contexto.

Isis ainda agradeceu a todos os autores e diretores com quem havia trabalhado até então, que sempre permitiram que ela tivesse liberdade para construir os personagens como ela gostaria, tendo espaço para modificar pequenas coisas, de forma a parecer o mais natural possível quando estivesse falando. Isis ainda falou sobre as semelhanças que tem com a personagem, afirmando que ela mesma já não tem mais a ingenuidade para acreditar que todas as pessoas são boas, mas que Sandra ainda acredita que o mundo pode ser um mar de rosas. Ela garante que Sandra ficou em meio a transição da fase dos hippies para a era Disco, sem ficar totalmente egocêntrica.

Isis elogia o conflito e drama que será vivido por Sandra, porque ela será uma mocinha em conflito, que apesar de acreditar no sonho dourado, acabará entrando em uma forte desilusão com a própria vida e sua felicidade, de forma que não saberá se manterá seus princípios ou se passará a ser uma mulher raivosa, com vontade de vingança.